19/03/15

Troca de experiência traz comitiva africana à cidade de Guarulhos

Prefeitura de Guarulhos (SP) Comitiva de Maputo em Guarulhos Comitiva de Maputo em Guarulhos

A prefeitura municipal de Guarulhos (SP), por intermédio da Coordenadoria de Relações Internacionais, está recebendo durante esta semana (16 a 20) a delegação do Conselho Municipal da cidade de Maputo (Moçambique). O grupo, com três representantes, chegou a Guarulhos com o intuito de conhecer as práticas locais na gestão dos cemitérios, visitando as necrópoles. Guarulhos e Maputo mantêm um acordo de cooperação técnica desde 2007.

A delegação foi recepcionada na Secretaria de Serviços Públicos pelo secretário-adjunto, Unaldo Santos, e por Fernando Santomauro, coordenador de Relações Internacionais. No local, houve uma mesa-redonda com a troca de experiência de ambas as cidades. Os dados de Guarulhos foram apresentados por Rosemeire Almeida, gestora do Departamento de Serviços Funerários.

Domingas Pinto Romão, diretora-adjunta de Salubridade e Cemitérios de Maputo, Horácio Facitela Maluvane, administrador do Cemitério de Lhanguene, e Alfredo Faife, administrador do Cemitério de Michafutene, expuseram o trabalho realizado em Maputo. Existem na cidade moçambicana três cemitérios, porém, apenas um, aberto em 2012, está recebendo novos sepultamentos. “Vamos aproveitar ao máximo cada informação de Guarulhos. Temos muito a avançar. Queremos implementar nossos cemitérios, modernizar o crematório e ter um banco de dados”, comentou Alfredo Faife, sobre algumas das necessidades de Maputo nesta área.

Para Guarulhos, a visita fortalece as relações entre as duas cidades em seus objetivos mútuos de cooperação. “A cooperação com Maputo, além da bagagem histórica, qualifica nossas políticas públicas. E esta troca de experiência favorece que estas políticas se solidifiquem”, apontou o coordenador de Relações Internacionais, Fernando Santomauro.

Cooperação Brasil-Moçambique

A cooperação internacional descentralizada entre cidades brasileiras e moçambicanas está alinhada com a política exterior brasileira, que fomenta os relacionamentos econômicos e sociais entres países emergentes, e especificamente no âmbito da cooperação Sul-sul.

A Cooperação Sul-sul tem sido considerada uma das prioridades do Governo Federal na cooperação internacional que busca o desenvolvimento conjunto de países com economia emergente.

A aproximação entre cidades moçambicanas e brasileiras no contexto da FNP tem o objetivo de fomentar as iniciativas de cooperação descentralizada entre as cidades dos dois países e foi formalizado no ano de 2013.

Última modificação em Quinta, 19 de Março de 2015, 14:31
Mais nesta categoria: